Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

segunda-feira, 5 de março de 2012

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO (Da Sra. Perpétua Almeida)

CÂMARA DOS DEPUTADOS



REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº

(Da Sra. Perpétua Almeida)


Solicita

informações

ao

Excelentíssimo Ministro da Saúde, Sr. José

Gomes Temporão, sobre a quantidade de

servidores da Funasa, oriundos da antiga

SUCAM, que trabalharam no combate a

endemias, como malária e febre amarela,

utilizando os inseticidas DDT e Malathion.
Senhor Presidente,
Requeiro, com base no art. 50, $2º, da Constituição Federal e no

artigo 115, Inciso I, do Regimento Interno, que seja encaminhado ao Excelentíssimo

Ministro da Saúde, Sr. José Gomes Temporão , requerimento de informações sobre a

quantidade de servidores da Funasa, oriundos da antiga SUCAM, que trabalharam no

combate a endemias, como malária e febre amarela, utilizando os inseticidas DDT e

Malathion.



Por oportuno, desejamos informações, também, sobre :



a) Óbitos dos servidores da antiga SUCAM de 1970 a 2008;

b) Óbitos compovadamente relacionados com a utilização dos

inseticidas DDT e Malathion;
Sala das Sessões,

Perpétua Almeida

DEPUTADA FEDERAL PCdoB/AC


CÂMARA DOS DEPUTADOS



JUSTIFICATIVA
Grande parte dos servidores da extinta Superintendência de Campanhas de

Saúde Pública – Sucam, atualmente lotados na Fundação Nacional de Saúde – Funasa,

que realizaram o combate à dengue, à malária, à febre amarela e a outras doenças em

todo o Brasil foram contaminados pelos inseticidas DDT e Malathion em serviço.
Existem vários casos comprovados. Esses servidores que manipulavam os

referidos produtos sem qualquer treinamento e proteção acabaram intoxicados. Em

muitos casos eram orientados a ingerir o veneno, quando os moradores desconfiavam de

efeitos colaterais, para provar que o DDT não era nocivo à saúde.
Diversos pesquisadores comprovam os efeitos nocivos do DDT e Malathion. O

DDT ( Dcloro-Difenil-Tricloroetano) acumula-se no organismo dos seres vivos, no caso do

homem na glândula tireóide, fígado e rim. O que pode causar edema pulmonar, câncer,

cirrose, doenças cardiovasculares, distúrbios mentais, tosse, rouquidão dentre outras

doenças.
Levamos mais de vinte anos para dar-nos conta do perigo que representa a

introdução do DDT na biosfera. Muitos dos danos até agora conhecidos já são

irreversíveis e não sabemos o que está por vir. As suas manifestações maléficas podem

demorar até 30 anos para se exteriorizarem. Por isso, ele foi proibido em vários países:

Nos E.U.A, a proibição vem desde a década de 1960; a Alemanha ampliou recentemente

a legislação que proibia o uso do DDT, incluindo a proibição de fabricação e exportação;

no Brasil o uso do DDT foi proibido no combate a endemias há 16 anos. Mas mesmo

depois da proibição continuou a ser usado até que o estoque acabasse.
No Acre, pesquisa da Associação de ex Guardas da Sucam, formada por pessoas

que trabalhavam borrifando o DDT, estima que existam mais de 300 contaminados. De

acordo com o cadastro da Associação, 40 morreram em conseqüência da contaminação

e os outros consideram-se na fila da morte. 12 deles ficaram mutilados. 11 estão com

suspeita de câncer. Outros 12 têm problemas cardiovasculares. E os outros aguardam

ainda a chance de fazer os exames.
Os servidores contaminados, depois de 16 anos dos estoques da Funasa

acabarem, ainda lutam por condições de tratamento e apoio do estado. Existem

controvérsias sobre a identificação dos fatos, atrasando o reconhecimento do problema,

enquanto isso, cidadãos estão morrendo. E daqui para frente, com o prazo de

manifestação alcançado, morrerão ainda mais.

Desde 1994, a Associação luta pelo direito à dignidade e o reconhecimento do

trabalho prestado ao país, quando passavam meses dentro da floresta, contaminando-se

para evitar que milhares de pessoas morressem de malária.


CÂMARA DOS DEPUTADOS
Temos informações que o Acre não é um caso isolado e este problema estende-se

por toda a Amazônia brasileira, nordeste e podemos encontrar casos até no sul e sudeste

do país, o que pode totalizar milhares de contaminados por todo o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############