Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Funcionalismo: valor abaixo do esperado

PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: http://waldirmadruga.blogspot.com.br/

BSPF     -     24/07/2015

O governo federal decidiu ampliar a oferta do pacote de reajuste salarial de 21,3%, apresentado em junho aos servidores públicos federais. O valor seria parcelado ao longo de quatro anos. Em reunião com o Fórum Nacional das Entidades, o secretário de Relações de Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG, Sérgio Mendonça, propôs reajustar, além dos salários, os três principais benefícios sociais dos servidores públicos: auxílios alimentação, saúde e pré-escolar.



Os valores reajustados já começariam a vigorar em janeiro de 2016. Se somados, os três montantes teriam um impacto anual estimado em R$ 1,3 bilhão, segundo o MPOG. Para o auxílio-alimentação e para o plano de saúde suplementar, cujos últimos reajustes ocorreram em 2013, os índices aplicados ficariam em torno de 22,5% e 23%, respectivamente, considerando a inflação de 2013 e 2014 e a estimativa para 2015. Já o auxílio pré-escolar, também conhecido como “auxílio-creche”, o aumento levaria em conta o período inflacionário acumulado desde 1995, resultando em um valor de aproximados 317%.


Reajuste previsto no PPA


Sérgio Mendonça sugeriu também a inserção de uma cláusula de revisão salarial na proposta de reajuste do plano plurianual. Seria uma forma de preservar o poder aquisitivo dos servidores e evitar a necessidade de negociações constantes que podem ocasionar greves e suspensão de serviços essenciais.


Para o secretário, o governo federal está apresentando uma proposta “razoável e coerente”. Mendonça afirma ser necessário levar em conta que a negociação envolve uma categoria de trabalhadores que tem estabilidade no emprego em um momento em que o País atravessa dificuldades econômicas. O secretário acredita que a proposta contempla ganhos acima da inflação, considerado o período entre 2003 e 2015.


Valor abaixo do esperado


Buscando resolver o impasse das negociações, que se arrastava desde março, o governo apresentou a proposta de reajuste de 21,3%. As categorias, no entanto, acharam o valor baixo demais, especialmente pelo fato de ser parcelado em quatro anos. Os servidores queriam 27,3% de aumento já em 2016.


O MPOG vem se esforçando para manter o gasto com a folha de pagamento estável, ou reduzido, na proporção comparada ao Produto Interno Bruto (PIB) no médio e longo prazo. Com o reajuste proposto, os gastos com a folha alcançariam 4,2% do PIB em 2016 e 2017, e 4,1% em 2018 e 2019.


Os auxílios que deverão ter reajuste são verbas de natureza indenizatória destinadas a custear despesas do servidor com refeição, atendimento médico-hospitalar e educação de qualidade para os filhos.



Com informações do Canal Aberto Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############