Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

TODOS À ASSEMBLEIA-GERAL: quinta (23/07), 12h30, Espaço do Servidor

PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: http://waldirmadruga.blogspot.com.br/




O Sindsep-DF convoca todos os servidores federais do DF para assembleia-geral nesta quinta-feira, dia 23 de julho, às 12h30, no Espaço do Servidor, Esplanada dos Ministérios. Vamos avaliar a proposta do governo e deliberar sobre a adesão ou não do DF na greve nacional do funcionalismo.

O governo se mantém irredutível quanto ao percentual de 21,3% para o reajuste dos servidores, escalonado em quatro anos. Embora tenha proposto incluir num possível acordo para o aumento uma cláusula para rever o reajuste em 2017, caso a inflação do período seja maior que a prevista, não existe nenhuma garantia de que será cumprido. Também na reunião de 20/07, com o fórum dos federais – do qual a Condsef faz parte, o Ministério do Planejamento verbalizou a proposta de reajuste para os benefícios que passariam para os seguintes valores: auxílio-alimentação de R$373 para R$458 (acréscimo de R$ 85); assistência pré-escolar para R$ 386,00 no DF (atualmente é de R$ 95,00); e saúde suplementar com valores que variam entre R$ 101,00 e R$ 205,00 (hoje essa variação é de R$ 82,00 a R$ 167,00). Além disso, o governo acenou com a possibilidade de incorporar parte das gratificações de desempenho ao Vencimento Básico, desde que a proposta de reajuste de 21,3% seja aceita pelos servidores. 

O fato é que os valores propostos continuam aquém das necessidades da categoria. Para forçar o governo a melhorar a proposta e reduzir o parcelamento para no máximo dois anos, os servidores precisam reforçar a mobilização em todos os locais de trabalho e aderir à greve nacional do funcionalismo, a partir de segunda-feira, dia 27 de julho. A situação é semelhante ao ano de 2012, quando o governo se negava a discutir qualquer percentual de reajuste para o funcionalismo e, após 72 dias de greve, concedeu um aumento que somado a de todas as categorias representou 22 bilhões do Orçamento da União.

Naquele ano, como agora, o governo tentava repassar para os servidores a conta da crise econômica. Por isso, a luta pelo atendimento das reivindicações tem que estar acompanhada da luta contra o Plano Levy. A intenção do governo com o ajuste fiscal é tão somente fazer o superávit primário 1,2% do PIB neste ano e 2,1% em 2016 (cerca de R$ 65 bilhões e R$ 130 bilhões, respectivamente). Dinheiro que sai dos cofres públicos para pagar os altos juros da dívida pública, alimentando a especulação financeira.

Por isso, nossa resposta ao governo é a GREVE GERAL. Mas, somente com a unidade de todos os servidores, sejam ativos ou aposentados, poderemos conquistar o atendimento de nossas reivindicações, que incluem além do reajuste, a incorporação das gratificações de desempenho aos proventos dos aposentados. 

Saudações sindicais,
Oton Pereira Neves
Secretário-geral do Sindsep-DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############