Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Planejamento só autorizará contratações ‘essenciais’

Planejamento só autorizará contratações ‘essenciais’


G1     -     24/07/2013




Economia será feita em relação às autorizações de provimento de cargos.

Concursos que não forem considerados emergenciais serão postergados.

São Paulo - A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, informou na segunda-feira (22) que os concursos públicos sofrerão com o corte adicional de R$ 10 bilhões no orçamento de 2013. 

Questionado se o corte irá afetar os concursos que já tiveram edital divulgado e os que já estão em fase de chamar aprovados, o Ministério do Planejamento informou que “só serão autorizadas as contratações que a administração avaliar como essenciais”. Assim, as que não se enquadrarem entre o que for considerado emergencial ou prioritário serão postergadas.

A ministra do Planejamento informou que o governo está mantendo os concursos relacionados com a ampliação da rede dos campi de universidades e do ensino técnico, além de "toda área de combate a desastres naturais". Por outro lado, nomeações de concursos do Ministério da Fazenda, da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), além do concurso para novos gestores públicos e delegados da PF não deverão ocorrer em 2013.

Questionado se os concursos que já foram autorizados a lançar edital como o Banco Central, INSS e Polícia Federal vão sair este ano ou se serão adiados, o Ministério do Planejamento informou que analisará caso a caso. O Ministério do Planejamento salienta que a economia será feita em relação ao quantitativo de ingressos, ou seja, nas autorizações de provimento de cargos. “O cargo público só gera despesa quando é preenchido”, informou o Planejamento.

A ministra Miriam Belchior destacou que a redução dos concursos não afetará as políticas públicas, como saúde e educação, e programas de infraestrutura.

De acordo com o ministério, no caso de professores e técnicos, as vagas que continuarão sendo preenchidas destinam-se aos quadros de pessoal das Instituições Federais de Ensino Superior e Instituições Federais de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. No caso de vagas para os órgãos de combate a desastres naturais, os quantitativos serão para o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e para o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e nos ministérios onde se enquadram as demandas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Assim, estão garantidas as nomeações de concursos que já estão em fase de inscrições e de provas para esses órgãos. Mas o Planejamento ressalta que "as situações serão analisadas caso a caso".

O governo pretende economizar R$ 2,5 bilhões com as medidas relacionadas com os servidores públicos em 2013, classificadas como despesas obrigatórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############