Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

sábado, 21 de novembro de 2015

Ministério da Saúde decreta situação de emergência em razão do aumento de casos de recém-nascidos com microcefalia

 

Doença reduz o tamanho do crânio e traz sequelas graves ao desenvolvimento do bebê


Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar 

Estado de MinasPublicação:12/11/2015 10:31Atualização:12/11/2015 11:10

Em setembro deste ano, a história do americano Emmett Buell Jaxon ganhou as redes sociais. Contrariando os prognósticos de que viveria apenas alguns dias, o bebê completou 1 ano de vida. O garotinho é diagnosticado com microhidranencefalia (nasceu sem grande parte do crânio e do cérebro)
O Ministério da Saúde (MS) decretou situação de emergência sanitária nacional devido ao aumento de casos no Nordeste de recém-nascidos com microcefalia, doença que reduz o tamanho do crânio e traz sequelas graves ao desenvolvimento do bebê. Em Pernambuco, ao menos 140 casos foram registrados em vários municípios, e há suspeitas no Rio Grande do Norte e na Paraíba. O número é 15 vezes superior à média apresentada no período de 2010 a 2014: nove casos por ano.

Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Castro, o governo vai monitorar e investigar com a Secretaria de Estado de Saúde de Pernambuco (SES-PE), a Organização Mundial de Saúde e a Organização Pan-Americana da Saúde todas as hipóteses da causa do surto. Há riscos de que a situação de emergência tome dimensão internacional. “Não há registros de uma situação como essa na história recente”, disse o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do ministério, Cláudio Maierovitch.

A microcefalia faz com que bebês nasçam com perímetro cefálico menor do que a média. Na maior parte das situações, a doença afeta o desenvolvimento cognitivo do bebê e está associada a retardo mental. A incidência é de um caso da doença para 6.250 bebês nascidos vivos. Também pode levar à morte. O problema pode ser provocado por uma série de fatores, desde desnutrição da mãe, abuso de drogas até infecções durante a gestação, como rubéola, toxoplasmose, citomegalovírus. Mas em Pernambuco os casos são diferentes. “Notamos características peculiares nos achados da tomografia. Não foi nada relacionado aos tamanhos das cabeças, mas percebemos calcificações e lisencefalia (cérebro com aspecto liso) nos pacientes”, informou a secretária-executiva de Vigilância em Saúde, Luciana Albuquerque. Uma das suspeitas investigadas é que os casos estejam relacionados a infecções por zika, doença transmitida pelo mesmo mosquito que causa a dengue e a chikungunya, o Aedes aegypti. Ainda não há, porém, nenhuma confirmação dessa hipótese.

OBSERVAÇÃO 
No fim de agosto autoridades de saúde perceberam o crescimento no número de casos da microcefalia, levando o Ministério da Saúde a enviar a Pernambuco equipe especializada em emergências. Anteontem, a pasta ativou o Centro de Operações de Emergência em Saúde para acompanhar a situação. Pacientes estão sendo submetidos a exames, sem resultados até o momento. Equipes das secretarias de saúde também têm feito entrevistas com as mães dos recém-nascidos para saber sobre histórico anterior de doenças e informações sobre o pré-natal e o pós-parto.

Entre os dias 27 de outubro e 9 de novembro, o estado de Pernambuco registrou 141 bebês com a doença. Um protocolo clínico foi lançado pela SES-PE na terça-feira para orientar profissionais de saúde a estabelecer critérios para detecção do problema em recém-nascidos e definir fluxo de atendimento, diagnóstico, vigilância e acompanhamento dos bebês com a anomalia.

A maior concentração de suspeitos está distribuída nos municípios do Recife (16,9%), Jaboatão dos Guararapes (5,6%) e Olinda (5,6%), na Região Metropolitana.

Caso norte-americano
A história de Emmett Buell Jaxon, 1 ano, ganhou repercussão mundial depois que o pai do garotinho, Brandon Buell, fez um post emocionado no Facebook comemorando o primeiro aniversário do filho. O diagnóstico da criança não é de microcefalia, mas de microhidranencefalia.

Brandon e a mulher chegaram a receber a recomendação de encerrar a gravidez devido à má formação do cérebro de Jaxon. No entanto, o casal decidiu seguir com a gestação. Um ano depois, o Jaxon já ensaia as primeiras palavras e já balbucia “papai” e mamãe”. Emmett nasceu em 27 de agosto de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############