Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

sábado, 7 de maio de 2011

O que é sífilis


A sífilis é uma doença sexualmente transmissível, causada por bactéria, que progride em estágios. Sífilis é de fácil cura nos estágios iniciais. Porém, sem tratamento, sífilis pode causar danos aos órgãos do corpo levando a doença grave e até morte.



Anúncios Google

ValePresente Dia das Mães - Deusa da Beleza Santorini. Goiânia. Participe agora da Promoção! - clinicasantorini.com.br/noticias.php

Emagreça com saúde - Dr. Túlio Cunha - Gastro Obesi - DF Cirurgia de Redução do Estômago - www.cirurgiadaobesidadedf.com.br

Não consegue engravidar? - Reprodução Humana com excelência Fertilização in-vitro (FIV) - www.medicinareprodutiva.com.br

Parto Humanizado - Daher - Hospital Daher tem quarto especial para Parto Humanizado. Conheça! - www.hospitaldaher.com.br





Transmissão da sífilis



A transmissão da sífilis ocorre através de contato, durante relação sexual, com feridas provocadas por essa doença em alguém infectado. Sífilis pode ser transmitida durante o sexo vaginal, anal ou oral. A bactéria que provoca sífilis pode entrar no organismo através do pênis, ânus, vagina, boca ou feridas na pele. A mulher que tem sífilis na gravidez pode passar a doença para o feto. Sífilis não é transmitida por contato com acentos de banheiros, piscinas, banheiras, roupas ou talheres.



Tratamento da sífilis



O medicamento preferencial para tratamento da sífilis é penicilina. A dose e duração do tratamento depende do estágio da sífilis e seus sintomas. Para pessoas com alergia à penicilina outros medicamentos podem funcionar durante o primeiro e segundo estágios da sífilis, mas esses não podem ser usados durante a gravidez. Na sífilis avançada o tratamento visa prevenir mais prejuízos, porém os danos já feitos aos órgãos não podem ser revertidos. Tratamento não protege o paciente de contrair sífilis novamente. Se exposta à bactéria, a pessoa contrair sífilis de novo após ter sido curada.
O que acontece se a pessoa com sífilis não receber tratamento



Sem tratamento a sífilis pode ocasionar doença grave e até a morte. Ter sífilis também aumenta o risco da pessoa contrair vírus HIV, o causador da AIDS. As feridas abertas causadas pela sífilis podem tornar mais fácil que o HIV seja contraído durante contato sexual. A pessoa com sífilis tem 2 a 5 vezes mais chances de contrair o HIV caso seja exposta a esse vírus. Sífilis sem tratamento também pode causar problemas durante a gravidez.



A sífilis na gravidez



Mulheres com sífilis podem passar a doença para seu bebê durante a gravidez ou no parto. Sífilis na gravidez pode ocasionar aborto, parto de natimorto ou morte do bebê logo após o nascimento. Um bebê infectado pode nascer sem sinais da doença. Porém, sem tratamento imediato, o bebê poderá ter problemas sérios dentro de poucas semanas. Bebês nascidos com sífilis podem desenvolver feridas na pele, febre, icterícia, anemia. ou inchaço no fígado ou baço. Bebês com sífilis não tratados podem ter retardamento no seu desenvolvimento, sofrer convulsões ou morrer.



Todas as mulheres na gravidez devem fazer teste para sífilis. Mulheres grávidas com sífilis são tratadas imediatamente com penicilina. Para mulheres alérgicas à penicilina não existe nenhum outro medicamento disponível para tratamento. Desta forma, os médicos tentam ajudar para que essa alergia fique menos sensível à penicilina para que ela possa ser usada. Penicilina prevenirá que a sífilis passe para o bebê. Porém, mulheres que receberem tratamento na segunda metade da gravidez ainda têm risco de parto prematuro e problemas com o feto.



Prevenção da sífilis



Algumas medidas para diminuir o risco de contrair sífilis incluem:

* Ter relacionamento sexual monogâmico com um parceiro testado que não tem a doença.

* Usar preservativos masculinos (camisinhas), os quais podem diminuir o risco de contrair sífilis, embora eles possam não cobrir todas áreas de feridas provocadas pela doença.

* A mulher deve fazer exame pélvico anualmente que pode diagnosticar, além da sífilis, outras doenças sexualmente transmissíveis.



Quem deve fazer teste para sífilis?



A pessoa deve indagar ao médico sobre fazer teste para sífilis se:

* Estiver grávida. Todas a mulheres grávidas devem ser testadas para sífilis.

* Tiver sinais e sintomas da doença.

* Achar que teve relação sexual com alguém com sífilis.

* Teve relacionamento sexual de risco.

* Teve outra doença sexualmente transmissível.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############