Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

sábado, 25 de janeiro de 2014

Otto Richard Gottlieb - O pai da química

Otto Richard Gottlieb - O pai da química de produtos naturais
        Otto Richard Gottlieb nasceu na cidade de Brno, na antiga Tchecoslováquia, em 31 de agosto de 1920. Seus pais foram Adolfo Gottlieb e Dora Ornstein Gottlieb, esta brasileira e natural de Petrópolis. Dora nasceu no Brasil porque seu pai, Hugo Ornstein, se havia estabelecido com uma firma exportadora de café no Rio de Janeiro. Quando Dora ainda era muito jovem a família se mudou para Viena, mas o patriarca Hugo manteve seus interesses no Brasil, onde viria a fundar uma fábrica de óleos essenciais. Com o falecimento de Hugo em 1936, os pais e a avó de Otto, juntamente com seu irmão caçula Peter, vieram de vez para o Rio de Janeiro, para assumir os interesses comerciais da família. Otto e seu irmão Felix foram estudar na  Inglaterra, e sua irmã Mena foi enviada para a Suíça.
        Em 1939 Otto estava prestes a ingressar na Universidade de Oxford, mas a proximidade da  Segunda Guerra Mundial fez com que todos viessem para o Rio de Janeiro, chegando justamente quando eclodia a guerra. Otto se tornou cidadão brasileiro em 1941. No Rio fez seus estudos superiores, graduando-se como químico industrial pela antiga Escola Nacional de Química em 1945, como o primeiro aluno da turma. O pendor pelo estudo e pela pesquisa sempre o acompanhou. Assim é que ele participou ativamente dos trabalhos da revista Química, fundada e publicada pelos estudantes da Escola. Ele está presente em seu número 1, de abril de 1945, ano de sua formatura, como autor da tradução de um artigo do Journal of Chemical Education sobre a hidrogenação de óleos vegetais. Outras contribuições se seguiriam.
        Após sua formatura, todavia, não confiando num possível sucesso na carreira de professor universitário, apesar das oportunidades que tinha, optou por uma carreira industrial na fábrica familiar. Assim sendo, trabalhou por cerca de 10 anos na indústria, agora sob o comando de seu pai, que produzia óleos essenciais de plantas brasileiras. Desde o início de sua carreira, portanto, esteve ele fascinado pela química das substâncias produzidas nas plantas do Brasil.
         A partir de 1955, Otto Gottlieb deixou a atividade industrial e passou a trabalhar como pesquisador no Instituto de Química Agrícola, no Rio de Janeiro, no qual permaneceu até sua malfadada extinção, em 1962. Ele recebeu um convite de Darcy Ribeiro para participar da implantação da Universidade de Brasília (UnB). Juntamente com o químico Mauro Taveira Magalhães, seu parceiro e colaborador científico durante anos, Gottlieb ficou na UnB até 1965, quando se demitiram com outros professores em protesto contra a intervenção militar na universidade.  "Otto participou de uma assembléia à 1h da manhã para discutir a situação das duras perseguições na UnB, durante o regime ditatorial". Em 1966, criou o curso de pós-graduação de Química dos Produtos Naturais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), onde era livre-docente.  
        Entre 1966 e 1973, Gottlieb dedicou-se intensamente às atividades acadêmicas de orientação de seus alunos matriculados nos programas de pós-graduação da UFRRJ, UFMG e USP. "Ele se dividia em três, estava sempre viajando de uma universidade para outra, era um trabalho árduo. Ele também divulgou a Química de Produtos Naturais com a oferta de cursos básicos de fitoquímica experimental, em nível de especialização. Em 1963, por exemplo, o curso foi oferecido na Amazônia o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Manaus (AM),  vinculados ao Instituto de Química Agrícola do Ministério da Agricultura, Jardim Botânico, Rio de Janeiro, além de outras regiões do país.
       A partir de 1975 fixou-se como Professor Titular da Universidade de São Paulo, continuando, todavia, as atividades da química de produtos naturais em todo o país e no exterior. Foi Professsor ou Cientista Visitante nas Universidades de Sheffield, Indiana, Hamburgo, e no Instituto Weizman. Ostenta dez títulos de Doutor ou Professor Honoris Causa, das Universidades Federais de Alagoas, Minas Gerais, Bahia, Paraíba, Rural do Rio de Janeiro, São Carlos, Fluminense, das Universidades Estaduais Paulista e de Campinas, além da Universidade de Hamburgo, aos quais se somará o presente. Recebeu um grande número de importantes prêmios e honrarias nacionais e internacionais, que só não cito nominalmente por uma questão de brevidade. É membro de  várias academias científicas do mundo e pertence ao corpo editorial de muitas revistas internacionais. A Revista Latinoamericana de Química, Química Nova e Phytochemistry já lhe dedicaram números especiais, que foram dois no caso da última.
        Dedicou-se à preservação e ao estudo da flora brasileira. Foi responsável por desenvolver pesquisas sobre a estrutura química das plantas, que permite analisar o estado de preservação de vários ecossistemas brasileiros. 
        O fruto de seu trabalho científico medido em números é impressionante: 656 publicações, incluindo artigos, capítulos de livros, livros e patentes; 1180 comunicações em congressos nacionais e internacionais; 652 conferências convidadas, sendo 466 no Brasil e as restantes 186 em 26 outros países; 145 cursos já ministrados, dos quais 93 em nível de pós-graduação; participação em 208 bancas examinadoras; finalmente, 120 orientações já concluídas. Muitos de seus discípulos são cientistas e professores notáveis, com reputação internacional e carreiras expressivas que são orgulho de nossa comunidade.
Referências
Discurso proferido pelo Professor Carlos Alberto Lombardi Filgueiras em 22 de agosto de 2003, por ocasião da outorga do diploma de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro ao Professor Otto Richard Gottlieb.
CAPARICA, C. Otto Gottlieb impulsiou a química de produtos naturais. Ciência e Cultura, 64(1):10-11, 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############