Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Hanseníase aumenta 6,4% entre crianças

Núcleo de Comunicação/SVS


Contato: (61) 3213-8083 / svs@saude.gov.br

9

Hanseníase aumenta 6,4% entre crianças

Diário do Nordeste – Fortaleza/CE

A Sesa firmou, ontem, parceria com a Pastoral da Criança.

O objetivo é formar agentes multiplicadores

No ano passado, foram diagnosticados 2.031 casos novos de hanseníase no Estado. De

acordo com dados da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), de 2007 até 2008, não

houve redução no número de registros. Desse total, 6,4% correspondem a crianças com

menos de 15 anos.

Um dado positivo que mostra a importância da busca ativa dos casos é o diagnóstico

rápido, que possibilita a cura de 80% dos pacientes.

A hanseníase, conhecida biblicamente como a lepra, já foi uma das doenças mais

estigmatizadas. Embora tenha cura, ela volta a preocupar as autoridades sanitárias, em

vistas de novas ocorrências, envolvendo, principalmente, pessoas da faixa etária inferior a

15 anos.

Com o objetivo de formar agentes multiplicadores e aumentar o raio de pessoas que

podem suspeitar dos sintomas da doença, a Secretaria da Saúde do Estado firmou uma

nova parceria: a Pastoral da Criança da Arquidiocese de Fortaleza.

Ontem, representantes da Pastor da Criança de 14 municípios, estiveram com a

coordenação do Programa Estadual de Controle da Hanseníase, visando a sensibilização

dos participantes, para atuarem na luta contra a doença.

“É claro que iremos formar agentes multiplicadores, não para diagnosticar a doença. No

entanto, a partir da identificação de sintomas, poderão encaminhar os casos suspeitos ao

serviço médico”, disse Gerlânia Martins Soares, articuladora estadual do Programa de

Controle da Hanseníase.

Segundo ela, a doença tem revelado novas ocorrências, sobretudo no Cariri. A

explicação seria porque na região onde há um fluxo muito intenso de romeiros, e alguns

desses estariam transmitindo a enfermidade para as pessoas do lugar.

Em Fortaleza, o Grande Bom Jardim também é apontada como uma das que mais vem

apresentando portadores da doença. Com isso, a Sesa promoveu, pela manhã e a tarde,

a Oficina de Sensibilização em Hanseníase, com o objetivo de capacitar 40 agentes

pastorais a reconhecer os sinais da doença em menores de 15 anos e no

encaminhamento aos serviços de saúde.

De acordo com Gerlânia, o diagnóstico precoce da hanseníase é o caminho mais rápido

e seguro para a cura. Manchas brancas ou avermelhadas na pele, com perda de

sensibilidade, são sinais da doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############