Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Eduardo Amorim defende servidores da extinta Sucam intoxicados por pesticidas

Eduardo Amorim defende servidores da extinta Sucam intoxicados por pesticidas

O senador Eduardo Amorim (PSC-SE) participou, na manhã desta terça-feira (25), da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, que ouviu trabalhadores da extinta Superintendência de Combate à Malária (Sucam) de todo o país. A audiência prestou esclarecimentos sobre as condições de saúde dos ex-funcionários da Sucam, intoxicados pelo DDT durante a utilização desse inseticida no trabalho de campanha contra as endemias de toda a natureza no Brasil.
“Ouvimos aqui problemas de saúde herdados pelos trabalhadores que nos livraram de diversas endemias. Observamos casos de câncer, neuropatias e problemas hepáticos causados por anos de trabalho com o DDT e outros produtos tóxicos sem a proteção e treinamento adequados”, disse Amorim completando ainda que as causas de saúde são perceptíveis em todos os Estados e com maior enfoque na Região Norte e Nordeste.
Segundo o senador, ao longo dos anos, foram realizadas várias audiências pelos Estados mais afetados e são esperadas soluções imediatas. Para o parlamentar, essa questão é de humanidade e, sobretudo, de justiça em prol de quem prejudicou a própria saúde em benefício do bem estar da população em geral. “Deve existir uma mobilização política no sentido de conseguir dar a proteção necessária a esses ex-funcionários públicos e de imediato tenham tratamento de saúde digno e compatível com suas seqüelas, aposentadoria especial a todos os intoxicados, indenização pelos danos morais, físicos, psicológicos e materiais devido à contaminação”, disse Amorim.
Segundo o presidente da Associação DDT – “A Luta Pela Vida”, Aldo Moura, as audiências públicas são um pedido de socorro. “Solicitamos o empenho dos senadores nessa causa, queremos colocar nossas propostas na mesa e ouvir os órgãos competentes como Ministério da Saúde e a Funasa. Sugerimos que seja criado um banco de dados nacional para um monitoramento dos doentes. Ressalto, ainda, que esse é um problema nacional e por isso estamos no Congresso”, afirmou Moura, que fez um relato emocionado, apresentando fotos de colegas com graves problemas de saúde.
Soluções
Os trabalhadores também reivindicaram a aprovação de dois projetos de lei em tramitação na Câmara dos Deputados: o 4.485/07, que cria uma pensão especial de R$ 2.075 para os servidores; e o 4.873/09, que estabelece indenização aos doentes e às famílias. Os senadores presentes criaram uma Comissão Mista, que é formada por deputados, senadores, representantes de sindicatos e Ministério da Saúde. Ainda esta semana será aberta a primeira reunião.
Prova científicaO diretor do Departamento Administrativo da Funasa, Marcos Roberto Muffarreg, informou que o DDT foi amplamente utilizado no Brasil de 1950 a 1997 e, atualmente, não é mais. Segundo ele, a Funasa não vai fugir de suas responsabilidades e está cumprindo todas as determinações judiciais para "corrigir eventuais problemas do passado".
O coordenador-geral do Programa de Controle da Dengue do Ministério da Saúde, Giovanini Evelim Coelho, por sua vez, disse que o Ministério reconhece a importância do trabalho dos agentes, mas providências só podem ser tomadas com base em provas científicas. “Os trabalhadores estão doentes, mas a associação com algum elemento específico exige comprovação técnico-científica. Não é com base apenas em laudos de um ou outro laboratório”, afirmou Giovanini.
Assessoria de Comunicação Senador Eduardo Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############