Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

sábado, 15 de agosto de 2015

Comandante confirma reajuste de 25% para militares das Forças Armadas

Alessandra Horto e Hélio Almeida
O Dia     -     15/08/2015

O tão esperado reajuste salarial dos 655 mil militares das Forças Armadas ficou definido em 25% escalonados em quatro anos a partir de 2016. O anúncio foi feito pelo comandante do Exército, general Villas Bôas, antes mesmo do ministro da Defesa, Jaques Wagner. A pasta informou que só vai se pronunciar sobre o reajuste após a reunião com os comandantes da três forças, remarcada pela terceira vez — agora para o dia 26 de agosto — para definir como o percentual será distribuído.


“Essa questão de orçamento é tratada concretamente na área do Executivo. O que temos até o momento é o funcionalismo civil. E a definição que houve para os militares, e ainda não anunciada, é o aumento em 25% até 2019”, disse o general, no programa “Pergunte ao Comandante”, produzido pela instituição militar e publicado no YouTube.


O reajuste para os militares é maior do que a proposta apresentada pelo Ministério do Planejamento aos servidores do Executivo de 21,3%, entre 2016 a 2019, conforme a coluna antecipou com exclusividade em 1º de agosto, após entrevistar o ministro Jaques Wagner. O funcionalismo do Executivo rejeitou o percentual e exige avanço na negociações para aumentar o índice. O governo também ofereceu aumento de até 41,7% no mesmo período para o Judiciário, que foi rechaçado .


ABAIXO DO ESPERADO


O general Villas Bôas afirmou que o reajuste conseguido está em um patamar bem aquém do que os comandantes pleiteavam. “Diante das dificuldades econômicas que o governo está vivendo, não podemos deixar de considerar que o percentual é um ganho, pelo menos em relação ao funcionalismo civil”, disse o comandante.


O índice também foi considerado inferior por Genivaldo da Silva, presidente da Associação dos Militares da Reserva Remunerada, Reformados e Pensionistas das Forças Armadas (Amarp). Ele se mostrou pessimista quanto ao percentual: “Vai ser o pior aumento para as Forças Armadas. Vai dar, em média, 6,25% ao ano em um país que tem inflação chegando a 10%”.


NOVA FORMAÇÃO


Foi aprovado o Programa de Ética Profissional Militar do Exército Brasileiro a ser inserido nos conteúdos programáticos dos cursos de formação de oficiais e praças e dos programas padrão de instrução militar daqui em diante. A determinação foi assinada pelo Estado-Maior do Exército e publicada ontem no boletim da corporação.


DIREITOS HUMANOS


De acordo com o estipulado na Estratégia Nacional de Defesa, o Ministério da Defesa aprovou o documento que aponta as bases da formação militar. Nele, terá a ênfase na temática dos direitos humanos e as consequências de infrações e crimes praticados, de caráter permanente e obrigatório, a ser ministrado para todos os níveis hierárquicos.


MAIS VAGAS


Aumentou o número de sargentos que podem fazer o Curso Básico de Manutenção da Aviação do Exército. Agora são 60 alunos, ante os 20 matriculados. A mudança faz parte das alterações da Portaria nº 184-EME, de 2012, feitas pelo Departamento Geral do Pessoal (DGP), o Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx) e o Comando Logístico (COLOG).


NOVOS CRITÉRIOS



O critério para participar também mudou. Agora, serão selecionados os 3º e 2º Sargentos não possuidores do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) de carreira com qualificação em Material Bélico/Mecânico Auto e Manutenção de Comunicações. Antes eram os da Aviação/Manutenção e 1º e 2º sargentos de Material Bélico e Mecânico de Manutenção de Armamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############