Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Governo corta ponto de grevistas e irrita sindicalistas


Governo corta ponto de grevistas e irrita sindicalistas



Kelly
Matos

Folha
de S. Paulo     24/07/2012






BRASÍLIA
- O governo cumpriu a promessa e cortou o ponto de servidores federais que estão
em greve. De acordo com sindicalistas, o contracheque deste mês tem 12 dias de
ponto cortados -- de 18 a 30 de junho.


Diante
do corte, representantes de sindicatos apelaram nesta terça-feira (24) ao
ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho,
para que o governo reconsidere essa decisão.


"Foi
tensa a reunião, muito tensa. No início, quando o ministro falou que ele já teve
ponto cortado, já foi demitido, nós falamos que isso faz parte do passado,
antigamente as pessoas eram escravizadas e nem por isso é aceito isso hoje",
afirmou o secretário geral do Sindisep-DF (Sindicato dos Servidores Públicos
Federais), Oton Neves.


De
acordo com o Oton, diante do apelo, o governo teria feito a seguinte proposta:
"Primeiro: que a gente faça uma trégua de 15 dias para poder devolver o salário
que foi confiscado dos contracheques. Segundo: nesse período de 15 dias, o
governo apresentará uma proposta às nossas reivindicações",
explicou.


A
Secretaria-Geral, no entanto, nega que o Planalto tenha feito uma "proposta
formal de trégua". Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria, o governo
disse que o corte de ponto poderá, eventualmente, ser negociado com o Ministério
do Planejamento. Diante disso, o ministro Gilberto Carvalho sinalizou com a
ideia de uma suspensão da greve até que o governo apresente uma proposta
salarial em meados de agosto.


"O
governo tem esse entendimento: que é direito e dever do governo cortar o ponto.
Mas sabemos que o 'não desconto' pode ser objeto de negociação, como ocorre em
qualquer processo de greve", explicou a assessoria do ministro Gilberto
Carvalho.


A
reunião contou com a presença de representantes de quatro entidades sindicais:
Sindisep-DF, Sindiprev-DF, Fenasps e a CUT. O secretário geral do SINDSEP-DF,
Oton Neves, descartou a possibilidade de aceitar a sugestão do governo pela
'trégua', mas disse que vai levar a proposta aos sindicalistas. "[Aceitar] essa
trégua seria a gente fazer uma greve simplesmente pra não ter desconto do
salário. A greve é pra gente aumentar o nosso salário, ter mais concurso
público, não é para simplesmente garantir salários. A gente não faz greve pra
isso", disse.


Uma
nova reunião entre grevistas e governo será realizada até quinta-feira, segundo
Oton. O encontro desta vez será com o secretário de Relações do Trabalho do
Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça.


O
secretário do Sindisep-DF, Oton Neves, voltou a criticar a falta de uma proposta
do governo para os servidores em greve. "O governo já concedeu isenções fiscais
aí para os empresários, com valores que dariam para atender todas as
reivindicações, e o governo fala que é pra assegurar o emprego e aí está
havendo, a cada dia, demissões no ABC, em tudo quanto é lugar. Então, na
verdade, está enchendo o bolso dos empresários e em detrimento, inclusive, da
garantia de emprego e principalmente da falta de recursos para o serviço
público", disse.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############