Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

terça-feira, 24 de julho de 2012

TCU abre salários de seus servidores

TCU abre salários de seus servidores





Leandro Kleber

Correio Braziliense - 24/07/2012





TRANSPARÊNCIA - Depois do Executivo e do Judiciário, órgão do Legislativo adere à divulgação online. Sindicato tenta reverter decisão



Sede do TCU: remuneração dos 9 ministros e dos 2,6 mil funcionários ativos disponível na internet



A divulgação dos salários dos servidores públicos na internet, de maneira nominal, chegou, finalmente, ao Legislativo. Depois do Judiciário ter colocado em prática a medida, inicialmente restrita ao Executivo devido à regulamentação da Lei de Acesso à Informação, agora foi a vez do Tribunal de Contas da União (TCU) abrir as contas. Mais de 2,6 mil servidores ativos, 9 ministros titulares, quatro substitutos e seis membros do Ministério Público estão com suas remunerações disponibilizadas no site da instituição, que tem por dever de ofício cobra transparência dos demais órgãos. A questão, porém, foi mais uma vez parar na Justiça.


O Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do TCU (Sindilegis) entrou com uma ação que tramita na 16ª Vara Federal do Distrito Federal pedindo a suspensão da divulgação nominal dos salários dos servidores do TCU. Na ação, o sindicato pede ainda que a publicação dos vencimentos do servidores e comissionados da Câmara e do Senado, prevista para o próximo dia 31, seja vetada.


O Sindilegis alega que tentou de todas as formas, junto à direção das três Casas, impedir a divulgação. “Isso fere o sigilo fiscal dos funcionários. Nós protocolamos pedidos nas mesas dos três órgãos para que a publicação nominal não fosse feita. O TCU nem nos respondeu. Por isso entramos com a ação”, diz o presidente Nilton Paixão. Agora são duas as ações que tramitam na primeira instância. Na 22ª Vara Federa do DF também está em julgamento ação da Confederação dos Servidores Públicos Federais. A Advocacia-Geral da União briga para que os salários continuem públicos.



JUDICIÁRIO



No primeiro dia útil depois do prazo final dado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que os tribunais de todo o país divulgassem as remunerações de seus servidores e magistrados na internet, a situação ainda é bem abaixo da expectativa. Balanço do Conselho mostra que, até o final da tarde de ontem, somente 46 dos 90 tribunais disponibilizaram as informações em seus sites.




Dos cinco Tribunais Regionais Federais (TRFs), somente dois divulgaram os salários de seus funcionários, o da 1ª (Distrito Federal e outros 13 estados) e o da 5ª Região (seis estados do Nordeste). Entre os 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), só 10 já estavam cumprindo as determinações do CNJ até a tarde de segunda. Na justiça trabalhista, a proporção é maior: 14 dos 24 tribunais regionais já divulgaram os ganhos dos seus funcionários.



Dos 27 Tribunais de Justiça dos estados, 17 divulgaram as informações em seus sites. Entre os três tribunais de Justiça Militar, apenas o de São Paulo cumpriu as resoluções. A Resolução 102 do CNJ determina que a divulgação da folha de pagamentos seja feita mensalmente.






Postado por Siqueira às 12:15

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############