Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

domingo, 23 de setembro de 2012

Falta de motivação e salários baixos estimulam saída de funcionários da área pública


Falta de motivação e salários baixos estimulam saída de funcionários da área pública


ALESSANDRA
HORTO

O
DIA     -     23/09/2012





Rio
Sonho
para muitos concurseiros, a carreira pública nem sempre é um mar de rosas para
quem já está dentro dela. Falta de condições de trabalho, salários baixos,
atividades estagnadas e salários maiores na iniciativa privada são alguns
exemplos que motivam o servidor a pedir para sair dos quadros de pessoal dos
órgãos públicos.


Exemplo
recente é do ex-segundo sargento Pacelli, que pediu baixa em setembro deste ano
do 62º Batalhão de Infantaria e do Exército Brasileiro. A cerimônia de
desligamento aconteceu na quinta-feira, quando depois de 12 anos de serviço
militar, ele se tornou o civil Eugênio Pacelli Paz Vieira da
Costa.


Em
sua carta de demissão, ele deixou claro que não sofre de tipo de desvio de
vocação, principalmente, por ser filho de militar e ter estudado no Colégio da
Polícia Militar de Pernambuco. Segundo Pacelli, o desligamento tem
motivação
financeira, “tendo em vista a crise salarial que assola a massa de oficiais e
sargentos e a falta de perspectiva profissional já atingiram até a Academia das
Agulhas”.


Pacelli
se formou em Direito e vai ser
sócio
de escritório: “De imediato, terei remuneração superior ao que recebia como
militar”.


Desmotivado
com o antigo trabalho, Luís Guilherme Tavares do Amaral, 52 anos, atuou por 23
anos como técnico judiciário federal, e viu no recebimento de herança familiar a
chance de mudar: “Foi o presente de aniversário de 50 anos. Meu desligamento
saiu em 1º de janeiro de 2010. Estava aborrecido com o trabalho e acabei tendo
essa alternativa”.


Na
época, amigos o chamaram de maluco, mas ele não desistiu. “O dinheiro está
acabando e já estou fazendo curso de corretor de
imóveis”.


É
comum buscar outras áreas


O
diretor do Sindicato dos Servidores da Justiça Federal do Estado do Rio
(Sisejufe) Roberto Ponciano explicou que é comum os servidores saírem da Justiça
Federal para áreas como Auditoria da Receita Federal ou Tribunal de Contas da
União: “A desmotivação é grande, mas nem todos têm a chance de sair quando
realmente desejam”, diz.


Secretário-geral
da Condsef, Josemilton Costa afirmou que muitos profissionais de Tecnologia têm
migrado para o setor privado. “Além de receber mais, eles têm direito à
hora-extra e ao adicional noturno, por exemplo. O que é mais atrativo”, explica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############