Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Relator do Orçamento não incluiu reajustes do Judiciário no parecer preliminar

Relator do Orçamento não incluiu reajustes do Judiciário no parecer preliminar




Agência
Brasil     -     20/11/2012





Brasília - O relator da proposta orçamentária para 2013, senador Romero Jucá (PMDB-RR),
disse hoje (20), após a aprovação do seu parecer preliminar, que não incluiu o
aumento do Poder Judiciário no seu parecer. Segundo ele, a discussão sobre o
reajuste do Judiciário será feita durante a analise do relatório setorial da
área e, posteriormente, na apreciação do texto final do
Orçamento.


“Não vou incluir o aumento do Judiciário [no relatório preliminar]. O que ficou
definido depois da liminar do STF é que o Congresso Nacional vai apreciar as
propostas enviadas também pelo Judiciário. O aumento de qualquer despesa depende
da criação de receita. Portanto, não há nenhum aumento caracterizado de nenhuma
despesa ainda no relatório preliminar”, disse Jucá.


Na semana passada, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux determinou
que o Congresso Nacional incluísse a proposta oficial do Poder Judiciário no
Projeto de Lei Orçamentária para 2013. O documento prevê aumento de 7,12% para o
Judiciário da União, que teria impacto direto de R$ 285 milhões
anuais.


O relator-geral do Orçamento explicou que rejeitou qualquer aumento de despesas em
seu parecer preliminar, inclusive o aumento no valor das emendas individuais,
que muitos parlamentares queriam que fosse aumentado de R$ 15 milhões para R$ 16
milhões e também reajustes para os aposentados. “Ficou como devia ficar [o
parecer preliminar]. A discussão de mais receita, mais despesa vai ficar para a
confecção do relatório final. Vamos ter debates sobre reajustes salariais,
reajustes de aposentados e outros”, declarou.


De acordo com Romero Jucá, a proposta orçamentária em análise pelo Congresso teve
um aumento nominal de 1,2% em relação à proposta do ano passado,
(respectivamente, R$ 2,251 trilhões e R$ 2,225 trilhões).


“Temos um aumento nominal de 1,2 % no Orçamento como um todo, ou seja, um valor
bastante pequeno. Vamos ter menos recursos para trabalhar neste ano do que teve
o ano passado o relator- geral. Portanto, temos que fazer um esforço de
compatibilidade das demandas, mas também de cumprimento da responsabilidade
fiscal. É fundamental manter o controle dos gastos, em um momento em que a
conjuntura econômica inclusive internacional é adversa”, disse Jucá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############