Logomarca do portal

Logomarca do portal
Prezado leitor, o Portal do Servidor Publico do Brasil é um BLOG que seleciona e divulga notícias que são publicadas nos jornais e na internet, e que são de interesse dos servidores públicos de todo o Brasil. Todos os artigos e notícias publicados têm caráter meramente informativo e são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados nos links ao final de cada texto, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Bem vindo ao nosso Portal

Seja bem-vindo ao nosso site!!!


OS DESTEMIDOS GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO

OS DESTEMIDOS  GUARDAS DA EX. SUCAM / FUNASA / MS, CLAMA SOCORRO POR INTOXICAÇÃO
A situação é grave de todos os servidores da ex. Sucam dos Estados de Rondônia,Pará e Acre, que realizaram o exame toxicologicos, foram constatada a presença de compostos nocivos à saúde em níveis alarmantes. VEJA A NOSSA HISTÓRIA CONTEM FOTO E VÍDEO

SINDSEF RO

SINDSEF RO
SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICO DE RONDÔNIA

NOTÌCIAS DA CONDSEF

NOTÌCIAS DA CONDSEF
CONDSEF BRASIL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL

GRUPO DE VENDAS DE IMÓVEL
QUER COMPRAR OU VENDER É AQUI!!

GRUPO OFICIAL DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA

GRUPO OFICIAL  DO PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL: PARTICIPE TÁ NA HORA CERTA
Este Grupo quer reiterar a gratidão e o respeito que sempre dedicam ao serviço público. Respeito expresso no diálogo: faça porte dessa família CURTINDO NOSSO PÁGINA NO FACEBOOK

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...

A VOZ DO POVO NA TRIBUNA TEM PODER...
A VOZ DO POVO NA TRIBUNA

CAPESAUDE/CAPESESP

CAPESAUDE/CAPESESP
FOMULÁRIOS

Fale com a CAPESESP

Fale com a CAPESESP
ATEDIAMENTO VIRTUAR

TRANSIÇÃO DE GOVERNO 2018 2019

SELECIONE SEU IDIOMA AQUI.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sem priorizar setor público e com mais de R$80 bi desviados por corrupção, Brasil é o pior país no retorno à sociedade dos impostos pagos

 


Condsef
    -     27/11/2012





Na
semana em que mais um escândalo de corrupção ocupa os noticiários brasileiros
com a operação da Polícia Federal que investiga duas organizações criminosas -
formadas por doleiros e pessoas infiltradas no setor público que vendem
informações sigilosas - o Brasil aparece em um estudo realizado pelo IBPT
(Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) como o pior país no retorno à
sociedade dos impostos pagos pela população. Não por acaso essas informações
estão relacionadas.



anos, o governo não prioriza o setor público e apresenta sempre os servidores
como responsáveis pelo desequilíbrio da balança comercial. Enquanto procura
desculpas e coloca trabalhadores públicos de carreira como bodes expiatórios de
problemas criados por má gestão pública, outro dado assusta. Um instituto
levantou recentemente que a corrupção desvia mais de R$ 80 bilhões todo ano do
orçamento brasileiro. Uma verba que deixa de ser investida e que resolveria
inúmeros problemas.


Outro
aspecto que liga essas informações e que precisa ser esclarecido é que não raro
investigações, como esta nomeada de Operação Durkheim, apontam a participação de
servidores no esquema. Neste aspecto, a Condsef alerta que em mais de 90% dos
casos observa-se que os culpados são indicados políticos e não servidores de
carreira.


Todos
aqueles servidores concursados que são pegos em esquemas ilícitos estão sujeitos
à penalidade máxima e, se têm a culpa comprovada, são exonerados de seus cargos.
Em contrapartida, dificilmente vê-se um indicado político pagar devidamente
pelos erros que cometeu.


É
justamente para garantir que o setor público funcione com menor possibilidade de
fraudes e corrupção que a Condsef defende a presença de servidores concursados
de carreira atuando em todas as frentes da administração pública. Com carreiras
competitivas, garantia de qualificação e investimento adequado, dificilmente
servidores públicos serão cooptados a crimes de lesa pátria. E é
fundamentalmente para proteger e garantir o bem maior da população que os
servidores de carreira trabalham.


Para
tirar Brasil do posto de país que pior trata sua população – São os
investimentos públicos adequados que podem assegurar que a população tenha
acesso a serviços de qualidade, recebendo de volta aquilo que a União recolhe em
impostos. Mudanças profundas e vontade política são essenciais para garantir um
cenário diferente e fazer com que estudos que envolvam análise de Carga
Tributária em relação ao PIB (Produto Interno Bruto) e ao IDH (Índice de
Desenvolvimento Humano) não coloquem o Brasil no posto do país que pior trata
sua população

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADECEMOS A GENTILEZA DOS AUTORES QUE NOS BRINDAM COM OS SEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS.

##############PORTAL DO SERVIDOR PÚBLICO DO BRASIL##############